Anúncios foram feitos em entrevista coletiva nesta quarta-feira (5). G1 detalha protocolos de todas as fases. Prefeito de Salvador, ACM Neto, em coletiva de imprensa nesta quarta-feira (5)
Reprodução/Redes Sociais
O prefeito ACM Neto anunciou nesta quarta-feira (5) a chegada de 55 novos respiradores para Salvador, para garantir a oferta de leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). Ele também detalhou protocolos da 2ª fase de retomada as atividades comerciais em Salvador
Os equipamentos devem chegar à capital na quinta-feira (6). As unidades médicas para onde esses respiradores serão levados estão sendo estudadas pela prefeitura, que deve anunciar nos próximos dias.
“Até amanhã [quinta, 6], mais 55 respiradores vão chegar a Salvador. Nós depois vamos anunciar qual vai ser a destinação desses respiradores. Eles vão nos permitir criar novos horizontes para oferta de leitos de UTI na nossa capital. Apesar de estarmos com taxa decrescente, quanto mais folga mais tranquilidade pra retomada de atividades, pontuou ACM Neto.
Nesta quarta, Salvador completa o terceiro dia, dos cinco estabelecidos pela prefeitura, para que possa ser permitida a reabertura da 2ª fase de retomada. Para esta etapa, os protocolos anunciados não estabelecem que os cinco dias têm que ser consecutivos.
O prefeito ACM Neto destacou ainda que, mesmo que os cinco dias sejam alcançados na sexta-feira (7) ou no sábado (8), a autorização da reabertura não será para o domingo (9), por causa do Dia dos Pais.
“Domingo é Dia dos Pais e não é aconselhável que a gente permita a reabertura de bares e restaurante. A chance de ter um movimento grande, de ter aglomeração, de ter pressão em bares e restaurantes é enorme. E aí é um risco que a gente não vai correr. Caso completemos os cinco dias ainda durante essa semana, eu só vou autorizar a retomada das atividades a partir de segunda-feira [10]”, sinalizou.
Antes de detalhar os protocolos de reabertura, ACM Neto reforçou que Salvador ainda não apresentou efeitos negativos nos números de novos casos da Covid-19, depois da 1ª fase de reabertura.
“Até agora não tivemos efeitos negativos nos números da capital. Não tivemos estouro no numero de novos casos, por enquanto está tudo controlado. O fato de estar controlado nos permite caminhar em direção à 2ª fase. Que fique claro, mais uma vez, que não estou neste momento autorizando ainda o início da 2ª fase. Essa autorização só vai ocorrer depois dos cinco dias, temos até agora três dias”, falou.
Os protocolos da reabertura da 2ª fase serão publicados na tarde desta quarta-feira, em uma edição extra no Diário Oficial. Durante a apresentação, o prefeito explicou ainda que as medidas apresentadas são um resumo a serem seguidos, já que cada atividade tem uma média de 40 regras específicas.
Todas as regras foram validadas em conjunto pelas equipes técnicas da prefeitura e do governo do estado, já que as medidas de retomada comercial foram anunciadas por ACM Neto e Rui Costa. Os estabelecimentos que não cumprirem as determinações, como o uso obrigatório das máscaras, serão interditados. Confira abaixo:
Ampliação em atividades liberadas
Protocolos de 2ª fase de reabertura das atividades comerciais em Salvador
Divulgação/Prefeitura de Salvador
Academias de ginástica e similares
Protocolos de 2ª fase de reabertura das atividades comerciais em Salvador
Divulgação/Prefeitura de Salvador
Salão de belezas, barbearias e similares
Protocolos de 2ª fase de reabertura das atividades comerciais em Salvador
Divulgação/Prefeitura de Salvador
Lanchonetes, bares e restaurantes
Protocolos de 2ª fase de reabertura das atividades comerciais em Salvador
Divulgação/Prefeitura de Salvador
Centros culturais, museus e galerias de arte
Protocolos de 2ª fase de reabertura das atividades comerciais em Salvador
Divulgação/Prefeitura de Salvador
Veja mais notícias do estado no G1 Bahia.