CNN Brasil
Marcelo Feller deixou a CNN Brasil após fala sobre Bolsonaro (Imagens: Reprodução – CNN Brasil/ Montagem – RD1)

A participação de Marcelo Feller em O Grande Debate, da CNN Brasil, não durou muito tempo. O canal afastou o advogado, que debatia Caio Coppolla, uma semana após o início do seu trabalho.

A dispensa aconteceu após as reações de integrantes do governo a uma fala em que o advogado relatava que estaria havendo assassinato em massa no país por negligência do governo de Jair Bolsonaro (sem partido), segundo a colunista Monica Bergamo.

Num debate nesta semana, Caio Coppolla chegou a retrucar o rival: “Você está acusando o presidente da República em rede nacional de ser assassino por omissão?”. Feller, então, afirmou que o presidente da República foi “absolutamente omisso” na crise do novo coronavírus.​

Para a publicação, o advogado confessou que recebeu a informação de que a CNN Brasil decidiu fazer um rodízio. Com isso, outros advogados serão colocados no programa para se alternarem no debate com o aliado de Bolsonaro.

Ontem (16), Marcelo Feller foi substituído pelo advogado Bruno Salles. A propósito, ele é o terceiro a deixar o programa contra Coppolla. A primeira baixa foi a da advogada Gabriela Prioli, em seguida foi do criminalista Augusto Arruda Botelho, que se desentendeu com o rival.

Os dois, no entanto, seguem contratados pelo canal de notícias. Prioli estreou nesta semana um talk-show ao lado de Mari Palma e Leandro Karnal. Já Botelho aguarda um novo projeto.

O post CNN Brasil dispensa mais um rival de Caio Coppolla de debate e motivo é revelado apareceu primeiro em RD1 → Audiência da TV, Notícias da TV e Famosos.