CNN Brasil
CNN Brasil quer expandir programação para a TV aberta (Imagem: Divulgação / CNN Brasil)

A CNN Brasil deu o pontapé para negociações com emissoras da TV aberta para uma possível fusão. A nova estratégia montada pelo novo canal de notícias tem como principal alvo canais como SBT, RedeTV! e até a TV Gazeta de São Paulo.

Comandado pelo CEO Douglas Tavolaro, a CNN entrou no mercado para uma possível compra ou arrendamento de canais abertos regionais. Segundo o site Notícias da TV, as negociações estão na fase burocrática de análise de viabilidade. No último dia 15, a nova emissora comemorou 100 dias no ar na TV paga.

O modelo de fusão da CNN brasileira com algum canal da TV aberta seria o seguinte: o canal de notícias assumiria todo o jornalismo da emissora em diferentes horários. A TV não se transformaria em um canal de notícias na TV aberta e a TV administrada por Tavolaro não sairia da TV por assinatura.

A emissora de Silvio Santos, que já se envolveu em uma fusão semelhante quando em 1997 entregou o seu principal telejornal e as madrugadas para a CBS Telenotícias, se mostrou uma das candidatas para a parceria. Caso um acordo seja firmado, nomes como Monalisa Perrone, William Waack e Evaristo Costa podem ser vistos no canal paulista.

Ainda de acordo com a reportagem, a CNN americana apoia a empreitada da CNN Brasil. Para eles, a franquia brasileira já é um exemplo de sucesso em pouco mais de três meses no ar. Uma nota dos norte-americanos foi emitida comemorando os primeiros resultados.

Segundo informado pelo site RD1, a novidade lançada em março já se tornou o segundo canal de notícias mais visto da TV paga na média 24 horas. Em mais de 90 dias no ar, a programação tomada pelo jornalismo atingiu mais de 60 milhões de brasileiros.

O post CNN Brasil negocia com canais da TV aberta; SBT está na mira apareceu primeiro em RD1 → Audiência da TV, Notícias da TV e Famosos.