Foram apreendidos o equivalente a R$ 98 milhões em dinheiro e bens, segundo a Europol. Ampla rede de falsificação de dinheiro ligada à organização da máfia italiana Camorra é desmantelada na Europa
fotoblend/Creative Commons
Uma ampla rede de falsificação de dinheiro ligada à organização da máfia italiana Camorra foi desmantelada na quarta-feira (15), com a prisão de 44 pessoas na Europa – informou a polícia francesa nesta quinta (16).
Quarenta pessoas foram presas na Itália, três na França e uma na Bélgica durante esta operação coordenada pela Agência Europeia de Polícia (Europol), que permitiu a apreensão de 8 milhões de euros (R$ 49 milhões) em dinheiro e 8 milhões em euros em bens, acrescentou a mesma fonte.
Na França, uma pessoa foi detida em Charente (sudoeste) na quarta-feira. As outras duas, um franco-italiana e um italiana, foram detidas na região de Paris.
Ambos aguardam sua extradição para a Itália, disse à AFP o comissário Eric Bertrand, do Escritório Central de Repressão à Falsificação (OCRFM).
Avó, filhos e neta são suspeitos de imprimir e vender R$ 1 milhão em notas falsas, em Catalão
Enganado, português guardava 1,9 milhão de euros falsos em casa
A investigação realizada pelos italianos começou em janeiro de 2018 e dizia respeito a uma rede de dinheiro falso vinculada à Camorra napolitana, completou Bertrand.
Tratava-se, basicamente, de notas falsas de 50 euros.
“Há alguns anos, 90% do dinheiro falsificado de qualidade vem da Itália. A Camorra tem uma espécie de patente nesse mercado”, disse Bertrand.