O Irã confirmou nesta segunda-feira uma explosão em seu principal centro espacial, criticando o presidente americano Donald Trump por reagir “com alegria” à notícia.

Num primeiro momento, as autoridades iranianas negaram qualquer incidente, mas nesta segunda o porta-voz do governo, Ali Rabiei, finalmente confirmou a explosão que ocorreu antes do lançamento de um foguete, no Centro Espacial Semnan, no norte do Irã.

“A explosão ocorreu no local de lançamento e o satélite ainda não havia sido transferido para lá (…) Felizmente, ninguém morreu neste incidente, foi um problema técnico”, disse Rabiei à televisão estatal.

Tiradas em 29 de agosto, as fotos, obtidas pela AFP da empresa americana Maxar Technologies, mostram uma coluna de fumaça preta saindo de uma plataforma de lançamento no centro de Semnan.

Trump assegurou na sexta-feira no Twitter que os Estados Unidos “não estavam envolvidos” no “acidente catastrófico” e acompanhou sua mensagem de uma foto tirada pelos serviços de inteligência americanos.

“Não sabemos por que o presidente dos Estados Unidos publicaria uma foto de um satélite e trataria o assunto com alegria”, afirmou Rabiei.

As relações entre o Irã e os Estados Unidos estão tensas desde a retirada unilateral de Washington, em maio de 2018, do acordo nuclear internacional assinado três anos antes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui