Agentes atuam desde 6h desta terça-feira (29) em pontos das cidades de Eunápolis, Gandu, Itabuna e Teixeira de Freitas. ADAB realiza fiscalizações de cargas de animais e alimentos em estrada baiana
Uma operação para fiscalizar cargas e coibir irregularidades no transporte de animais foi montada na BR-101, pela Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), nesta terça-feira (29). Os agentes começaram a trabalhar por volta das 6h e seguirão até 18h.
A operação foi montada em vários pontos da rovodia, a maioria dos trechos fiscalizados estão no sul e extremo sul da Bahia, como as cidades de Eunápolis, Gandu, Itabuna e Teixeira de Freitas.
Até por volta de 12h15, 40 caminhões tinham sido fiscalizados. Três deles apresentaram irregularidades. A agência não explicou quais foram os problemas identificados. Por causa disso, o motorista foi autuado com uma multa de R$ 800 e o dono dos animais, multado em R$ 53 por cada animal que estava sendo transportado.
Segundo Cláudio Werlinger, gerente regional da Adab, vários documentos, como a guia de trânsito, são verificados durante a fiscalização.
“O objetivo desta operação é fiscalizar o trânsito de animais e de alimentos de origem animal. Durante essa abordagem são verificadas guias de trânsito dos animais, a origem e o destino dos animais, o número de animais presentes em cada carga, assim como a idade dos animais”, disse.
‘É muito importante verificar a rastreabilidade desses animais. A Agência de Defesa Agropecuária, como o próprio nome já diz, é para a gente identificar, caso ocorra algum tipo de doença, o local dessa doença e como combatê-la imediatamente”, completou Cláudio.
Operação para fiscalizar cargas é montada pela Adab em vários pontos da BR-10.
Reprodução / TV Santa Cruz
O gerente também comentou sobre a vacinação contra a febre aftosa durante a pandemia. A febre é uma das principais doenças da criação de gado, que começa com aftas nas bocas dos animais, podendo levar a problemas cardíacos e até a morte do boi.
“A cobertura vacinal da última campanha de febre aftosa foi ótima. Batemos a casa de 95% dos bovinos vacinado. Um índice maravilhoso apesar da pandemia; nos deu um grande percentual de animais vacinados”, contou Cláudio.
“Toda guia de trânsito só é emitida se os animais tiverem sido devidamente vacinados. Os animais que não são vacinados, ou que estão sem guia, são verificados a origem e, se caso eles não tiverem vacinados, eles são vacinados imediatamente”, finalizou.
Veja mais notícias do estado no G1 Bahia.
Assista aos vídeos do Bahia Meio Dia
s