Record

Record
Fabíola Gadêlha e Wellington Muniz respondem pela apresentação dos boletins Mundo Record; emissora busca ampliar lucros com aplicativo de distribuição de prêmios (Imagem: Edu Moraes / Record)

A Record completa 67 anos neste domingo (27) buscando ampliar seus lucros através de um programa de distribuição de prêmios – como o Festival de Prêmios da RedeTV!. Desde março, por conta de uma medida provisória assinada por Jair Bolsonaro, as redes nacionais de TV aberta estão autorizadas a produzir atrações do tipo, ofertando mimos aos telespectadores por meio de aplicativos, que exigem assinatura, gerando renda para os canais.

A Record aproveitou-se da MP para colocar o Mundo Record no ar. Trata-se, de acordo com comunicado oficial, de uma “plataforma de entretenimento digital”, “a mais nova opção de interatividade da emissora na qual é possível ter acesso a conteúdos exclusivos, enquetes, além de vídeos exclusivos”.

Para ter acesso a tais benefícios, bem como concorrer a prêmios, o telespectador precisa desembolar R$ 4,99 por semana através do cartão de crédito. Os sorteios, diários, contam com TVs de Led 43”, smartphones, PlayStations, notebooks, motos e carros.

A repórter Fabíola Gadelha – apelidada Rabo de Arraia por Marcelo Rezende – e o comediante Wellington Muniz, o Ceará, respondem pela apresentação dos boletins Mundo Record de Prêmios. Contratados da casa, como Ana Hickmann, Celso Zucatelli, Cesar Filho, Luiz Bacci, Marcos Mion, Renata Alves, Rodrigo Faro e Sabrina Sato, participam de ações promocionais e dos sorteios.

O post Record lança plataforma digital para premiar telespectadores e ampliar ganhos apareceu primeiro em RD1 → Audiência da TV, Notícias da TV e Famosos.