A medida atende a uma determinação da ANM, que entende que uma das áreas de exploração excede os limites das reservas minerais.

A Vale informou, em comunicado ao mercado, que suspendeu os trabalhos em uma das áreas de exploração da mina de Brucutu, em São Gonçalo do Rio Abaixo, Minas Gerais. A mineradora ressaltou que essa suspensão não impactará a produção da mina.

A suspensão atende a uma determinação da Agência Nacional de Mineração (ANM), que entende que uma das áreas de exploração (frentes de lavra) em execução excede os limites das reservas minerais aprovadas pela agência para a respectiva área.

“A Vale entende que todos os requisitos da agência para a execução de lavra foram atendidos e relatados no plano de aproveitamento econômico apresentado à agência em 2017, e irá adotar as medidas cabíveis neste caso”, diz o comunicado da mineradora.

A mineradora também reafirmou sua projeção de vendas de minério de ferro e pelotas de 307 milhões a 332 milhões de toneladas para 2019 e ressaltou que a expectativa atual é de que as vendas se aproximem do centro da faixa.

Mina de Brucutu, da Vale, em São Gonçalo do Rio Abaixo — Foto: Divulgação/Vale
Mina de Brucutu, da Vale, em São Gonçalo do Rio Abaixo — Foto: Divulgação/Vale

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui