Uma pessoa sobreviveu. Em nota, Governo brasileiro prestou solidariedade às famílias das vítimas. Autoridades isolam neste sábado (26) os destroços de avião militar que caiu na Ucrânia
Emergency Situation Ministry via AP
O número de mortos na queda de um avião militar na Ucrânia chegou a 26, informaram autoridades ucranianas neste sábado (26). Uma pessoa sobreviveu.
A aeronave, um Antonov-26, levava 20 cadetes de uma escola de aviação militar da Força Aérea Ucraniana, além de sete tripulantes. O avião caiu na noite de sexta-feira perto do pouso na cidade de Chuhuiv, a cerca de 400 quilômetros de Kiev. Autoridades ainda investigam as causas do desastre.
Queda de avião militar deixa 26 mortos na Ucrânia
Duas pessoas chegaram a ser levadas com vida a um hospital. Uma delas, porém, não resistiu aos ferimentos. Corpos de outros ocupantes do avião que estavam desaparecidos foram encontrados durante a madrugada e a manhã.
O presidente Volodymyr Zelensky declarou este sábado um dia de luto oficial pelas vítimas da queda do avião. Ele ainda ordenou a interrupção dos voos com aeronaves do modelo Antonov-26 enquanto as investigações não derem resultados.
“Perdemos ontem jovens cadetes e militares experientes, que tinham uma vida pela frente e, tenho certeza, fariam grandes feitos militares na carreira”, disse Zelensky.
Governo brasileiro envia condolências
Em nota divulgada pelo Ministério de Relações Exteriores, o Governo brasileiro lamentou as mortes causadas pela queda da aeronave militar ucraniana.
“Neste momento de consternação, o governo brasileiro expressa sua solidariedade ao povo e ao governo da Ucrânia, apresenta suas mais sentidas condolências aos familiares das vítimas e faz votos de recuperação ao passageiro ferido”, diz o documento
PLAYLIST: Notícias internacionais