A ordem executiva assinada por Trump de bloquear as transações de empresas norte-americanas com a app de mensagens WeChat pode ter consequências nefastas para a Apple, diz o analista Ming-Chi Kuo.

Na mais recente nota enviada aos investidores pelo conhecido analista (compartilhada pelo MacRumors), é indicado que a venda de iPhones pode ter uma queda entre os 25 e os 30% caso a Apple tenha de remover o WeChat da sua loja virtual App Store.

Nem mesmo o “melhor dos cenários” traçados por Kuo joga a favor da Apple, que contará com uma queda que pode chegar aos 6% caso o WeChat seja removido da App Store dos EUA.

O WeChat é uma das apps de mensagens mais populares entre os utilizadores chineses de smartphones, contando com 1.2 bilhões de utilizadores ativos mensalmente.