Roberto Boni
Roberto Boni é alvo de operação da Polícia Federal (Imagem: Reprodução / Instagram)

Apoiador de Jair Bolsonaro (sem partido), Roberto Boni, cover de Roberto Carlos, está sendo investigado pela Operação Lume, da polícia federal, deflagrada na última terça-feira (16). A missão tem como objetivo apurar a organização e o financiamento dos atos antidemocráticos.

Segundo o jornal Extra, no canal do Youtube de Boni e no Twitter, há registros em que ele pede para que o exército enfrente as decisões do judiciário.

Se nosso presidente @jairbolsonaro não reage em prol da democracia e da liberdade por falta de apoio do @exercitooficial não é @Gen_VillasBoas @gen_heleno só cabe o povo em maioria exigir do Comandante das FFAA General Pujil que cumprar a CF! E do modo que a maioria do povo desejar”, escreveu Boni no Twitter.

Em outra publiação, ele continuou: “É URGENTE que nosso @exercitooficial @GeneralMourao @geraldomiotto @gen_heleno @GeneralGiao @Gen_VillasBoas ajam em prol da maioria dos brasileiros e de nosso eleito democraticamente presidente jair bolsonaro“.

De acordo com a publicação, as buscas e apreensões foram solicitadas pela Procuradoria-Geral da República (PGR) e autorizadas pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Totalizam 26 mandados contra 21 pessoas, que estão em Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Maranhão e Santa Catarina.

Roberto Boni
Roberto Boni quer que o exército aja em prol da “maioria” (Imagem: Reprodução / Instagram)

O post Bolsonarista, cover de Roberto Carlos é alvo da Polícia Federal após protestos apareceu primeiro em RD1 → Audiência da TV, Notícias da TV e Famosos.