O caso aconteceu na quarta-feira (24), na cidade de Teixeira de Freitas. O animal passou quase 24h preso, mas foi resgatado. Cachorro é resgatado depois de ficar preso em beco; animal estava com medo dos fogos
Um cão ficou preso por cerca de 24 horas em um beco entre duas casas, na cidade de Teixeira de Freitas, sul do estado. O animal ficou assustado com barulhos de fogos de artifício e se escondeu no local, mas não conseguiu sair.
O choro do cachorro chamou a atenção dos moradores, que acionaram os bombeiros. No local, os agentes do 18º Grupamento de Bombeiros Militar (GBM/ Teixeira de Freitas) tiveram que quebrar parte da parede para fazer o resgate.
“O vão foi se estreitando e, por isso, não conseguimos resgatá-lo sem quebrar a parede”, explicou a soldado Fernanda Leandro dos Santos, integrante da equipe de resgate.
Ainda segundo os agentes, um esparadrapo foi utilizado para cobrir os olhos do cão durante as quase três horas de remoção. Uma vizinha que presenciou a situação adotou o cachorro após o resgate.
O resgate do cachorro, preso entre duas casas, levou quase três horas.
SSP/BA
Veja mais notícias do estado no G1 Bahia.