Há carência para todos os tipos sanguíneos na unidade, o que dificulta fornecimento para hospitais da cidade. Unidade do Hemoba em Feira de Santana está com estoques baixos para todos os tipos sanguíneos
Divulgação / Governo da Bahia
A Unidade de Coleta da Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba) de Feira de Santana, cidade a cerca de 100 km de Salvador, está com bancos de sangue quase vazios. O centro de coleta precisa de doações de todos os tipos sanguíneos. A baixa nos estoques em toda Bahia tem relação com a pandemia do novo coronavírus.
Segundo informações do centro de coleta da cidade, a situação crítica em Feira de Santana tem dificultado o fornecimento de sangue para os hospitais Geral Clériston Andrade (HGCA) e Estadual da Criança (HEC). Além destes, outras unidades de saúde atendidas pela Hemoba podem ser afetadas pela baixa.
O posto de coleta de Feira de Santana fica localizado na Avenida Eduardo Fróes da Mota, no bairro 35 BI. Recebe candidatos à doação de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h. Voluntários precisam estar em boas condições de saúde e apresentar documento com foto para fazer a coleta de sangue.
A Hemoba ressaltou, ainda, que reforçou medidas de segurança sanitária para evitar a propagação da Covid-19, com intensificação do uso de Equipamentos de Proteçao Individual (EPIs) por funcionários e voluntários.
Veja mais notícias do estado no G1 Bahia.