Neto
Neto, âncora de Os Donos da Bola; apresentador falou sobre sua saúde (Imagem: Reprodução / Band)

O craque Neto participou do programa Mesa Redonda, da TV Gazeta, na noite deste domingo (13), e abriu o jogo sobre sua saúde. “Tenho síndrome do pânico e crises muito fortes”, afirmou o famoso, que tem 54 anos de idade.

O contratado da Band também revelou o que mudou na sua vida neste período da pandemia do coronavírus: “Acho que estou mais humanista, mais chorão, mais sensível. Estou me tornando um ser humano melhor”.

Ele ainda lembrou do período difícil em que viveu. “Passei por dificuldades financeiras quando parei de jogar bola”, contou ele, afirmando que, ao deixar o compromisso profissional com futebol, parou de se alimentar de maneira regrada. Com isso, ele chegou aos 120 quilos, distantes dos atuais 78 quilos.

“Não bebo há 20 anos e não fumo há 14. Fugia de concentração em pré-temporada. Fugia, não. Os treinadores sabiam, mas faziam vista grossa”, lembrou Neto.

Sempre sincero, o apresentador disparou: “Eu cometo muitos equívocos, mas sou uma boa pessoa”. Ele aproveitou e voltou a criticar Neymar: “Quando parar de jogar bola não será ídolo. Ele é um monstro jogando bola, mas não é ídolo. Ídolo é Pelé, Romário, Ronaldo, Rivaldo…”

O post Craque Neto abre o jogo sobre saúde e síndrome do pânico apareceu primeiro em RD1 → Audiência da TV, Notícias da TV e Famosos.