Datena
Datena fala sobre prefeitura de São Paulo (Imagem: Reprodução / Band)

Após ter confirmado a sua não candidatura à prefeitura de São Paulo, José Luiz Datena explicou que o seu desejo por uma chapa com o atual prefeito Bruno Covas (PSDB) foi por uma “conexão espiritual”. Os detalhes da história foram contados pelo apresentador durante o Brasil Urgente da última quinta-feira (13).

“É um amigo muito querido”, contou o jornalista em conversa com Catia Fonseca. Antes, ele comentou que teria um jantar com um amigo muito importante. “Vou falar logo quem é, é o Bruno, nosso querido Bruno Covas. A gente faria uma chapa, ele prefeito e eu vice, mas não deu certo. Vamos fechar de uma maneira positiva”, celebrou.

Datena confessou que entraria na política, em parte, por causa do tucano. “Gosto muito do Bruno. Eu sairia mais candidato a político porque gosto demais dele”, disse. Questionado por Catia se o político era “boa gente”, o famoso respondeu rapidamente: “Nossa, bom demais! E eu tive passagens com ele que são espirituais”.

O contratado da Band confidenciou que no dia em que realizou uma angioplastia no coração, no início de 2020, recebeu o apoio irrestrito de Covas: “Ele me ajudou demais espiritualmente, mentalmente. [Ele tem] empatia e eu estava com medo terrível de colocar aquelas molinhas no coração, os stents, e ele falou assim: ‘Olha, você veio aqui. Eu tô enfrentando a doença numa boa’”.

“Quando eu vi ele enfrentar a doença com coragem [me deu força]. Vou encerrar esse ciclo, claro que vou continuar sendo amigo do Bruno, só não vou entrar na política. Tudo que termina bem é porque tem gente boa envolvida”, refletiu.

O post Datena revela o motivo de ter pensado em concorrer à prefeitura de São Paulo apareceu primeiro em RD1 → Audiência da TV, Notícias da TV e Famosos.