Diogo Vilela
Diogo Vilela desabafa sobre início dos trabalhos no Zorra (Imagem: Reprodução/ Globo)

Completando 50 anos de carreira, Diogo Vilela estreia neste sábado (15) no elenco do Zorra, da Globo. Em conversa com Pedro Bial, nesta sexta-feira (14), o ator falou sobre o novo trabalho e também lembrou da sua história na TV brasileira.

A respeito do humorístico, o famoso confessou que inicialmente estava com medo de fazer o programa devido a alguma possível falta de sintonia com a produção.

“Eu estava com medo quando entrei e cheguei a pensar: ‘Será que vai ter alguma defasagem? Como é que vai ser?’ Porque a gente sempre fica [pensando isso], né”, desabafou o artista, que, no entanto, adorou a equipe.

Diogo Vilela, que tem um extenso currículo com novelas e programas de TV de sucesso, os textos da nova temporada do Zorra o conquistaram e o encorajaram.

“Quando eu comecei a ler os textos, eu disse: ‘Que incrível isso’”, exaltou ele, que completou: “Os autores são impressionantes. É um humor compatível, sabe? Então, estou vivendo essa coisa legal com o “Zorra”‘.

Em defesa aos artistas brasileiros, ele ressaltou como a categoria está sendo alvejada e relembrou o filósofo Friedrich Nietzsche, que define a arte como a fuga do tédio e o caminho para a verdadeira felicidade.

“A arte está brotando do sofrimento. O artista nasce sempre, mas a arte é um legado e o mundo está muito sem arte, as pessoas não estão convivendo com a arte”, desabafou.

Segundo Vilela, a pandemia interrompeu a peça A Verdade, que, para fazê-la, ele precisou vender seu carro. “Eu tive que vender meu carro pra fazer minha peça. Não estou reclamando, foi incrível, fui feliz, ganhei prêmios, mas ninguém dá dinheiro para teatro. Você fala de teatro é igual falar em livro, a cultura no Brasil dá sono. Isso é uma coisa muito grave”, disparou.

O post Diogo Vilela abre o jogo e confessa medo em trabalhar no Zorra apareceu primeiro em RD1 → Audiência da TV, Notícias da TV e Famosos.