O seu filho, rei Felipe VI –atual mandatário espanhol–, aceitou o pedido do pai e agradeceu sua decisão. O rei Juan Carlos I, da Espanha, acena para a imprensa em frente a catedral de Palma de Maiorca após a tradicional missa de Páscoa em 1º de abril de 2018
Jaime Reina/AFP/Arquivo
O rei emérito da Espanha, Juan Carlos I, anunciou em uma carta ao filho Felipe V sua decisão de “se mudar” para fora do país. Ele é alvo de uma investigação do Supremo Tribunal por corrupção.
“Vossa Majestade, querido Felipe, com a mesma ânsia de servir a Espanha que inspirou meu reinado e diante da repercussão pública que certos eventos passados em minha vida privada estão gerando (…) Comunico a você minha ponderada decisão de sair nesse momento da Espanha”, escreveu o soberano emérito citado em comunicado da Casa Real.
O rei Felipe VI aceitou e agradeceu sua decisão.
Reportagem em atualização.