Eleição acabou sendo suspensa, depois que atual presidente realizou pleito de portas fechadas. Servidores que também queriam participar de pleito protestaram. A Justiça do Trabalho de Itabuna, no sul da Bahia, suspendeu a eleição do Sindicado dos Servidores e Funcionários Públicos do município de Ilhéus, também no sul do estado. O pleito seria realizado nesta terça-feira (23).
A liminar expedida pela juíza Nélia Maria de Oliveira Hudson pondera que a situação sanitária com o avanço da Covid-19 coloca em risco a saúde dos servidores e, portanto, não deveria ser realizada.
Os servidores públicos, no entanto, informaram que o atual presidente do sindicato realizou uma assembleia a portas fechadas, para fazer a eleição, que teve chapa única.
Com isso, o grupo de servidores que queriam concorrer às chapas protestaram na porta do sindicato, que fica na Rua Carneiro Rocha, no Centro de Ilhéus.
Por causa dessa confusão, a eleição foi suspensa. O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos foi procurado, mas não atendeu as ligações até a última atualização desta reportagem.
Veja mais notícias do estado no G1 Bahia.