Segundo Transalvador, manifestantes ocupam três das quatro faixas da via, para quem segue no sentido da Paralela. Com isso, o engarrafamento, por volta das 11h25, chegava na altura da entrada do bairro do Itaigara. Manifestação deixa trânsito lento na Avenida Antônio Carlos Magalhães, em Salvador.
Arquivo Pessoal
Profissionais da beleza fazem uma manifestação na Avenida Antônio Carlos Magalhães (ACM), em Salvador, na manhã desta segunda-feira (6). Eles reivindicaram a reabertura dos salões de beleza. Segundo a Transalvador, parte do trânsito está interditado sentido da Avenida Paralela.
Ainda de acordo com o órgão de trânsito, os manifestantes ocupam três das quatro faixas da via, sentido Av. Paralela, na altura de um shopping da região. Com isso, o engarrafamento, por volta das 11h25, chegava na altura da entrada do bairro do Itaigara.
Por causa do novo coronavírus, os salões de beleza de Salvador estão com o funcionamento suspenso desde março deste ano. Ainda não há prazo para que as atividades voltem a funcionar.
No mês passado, a categoria fez duas manifestações pelo mesmo motivo. Uma no dia 26 de junho e outra no dia 17. Um ato também foi feito na semana passada.
Confira mais informações do estado no G1 Bahia.
Manifestação deixa trânsito lento na Avenida Antônio Carlos Magalhães, em Salvador .
Arquivo Pessoal