Grupo se reuniu em frente à Secretaria de Turismo da Bahia, em Salvador, para reivindicar ações que possam minimizar crise financeira provocada pela pandemia. Motoristas dos transportes de turismo protestam e pedem benefícios durante a pandemia da Covid-19
Reprodução/TV Bahia
Trabalhadores dos transportes de turismo da Bahia realizam um protesto, na manhã desta quinta-feira (2), em frente a Secretaria Estadual de Turismo, em Salvador. O objetivo é reivindicar ações para minimizar a situação financeira da categoria, que está paralisada desde março por causa da pandemia do novo coronavírus.
O ato dos trabalhadores é pacífico. Eles exibem cartazes e foram para a Secretaria de Turismo com suas vans. Esta é a segunda mobilização do grupo, que já tinham feito, em junho, um protesto por falta de benefício social durante a pandemia da Covid-19.
Além de enfrentar problemas financeiros, a categoria diz que não tem perspectivas de retorno e, por isso, pede ajuda à prefeitura e ao governo do estado.
“Desde março, a gente parou nossas operações porque não tem mais turista no nosso estado. A gente pediu, na primeira carreata que fizemos, no dia 10 de junho, que o governador postergasse nossas taxas como vistoria, por exemplo. Perante a prefeitura, temos que pagar impostos, e não temos como. Pedimos que eles nos deem um auxílio, alguma ajuda nesse sentido também já que não entramos no auxílio do governo federal”, diz Eliomar Oliveira, presidente da Associação dos Trabalhadores de Transportes Turísticos da Bahia.
De acordo com a o presidente da associação, são mais de 200 trabalhadores da categoria e eles estão passando necessidade.
Veja mais notícias do estado no G1 Bahia.