Um mulher, de 44 anos, foi agredida com um banco de madeira ao tentar impedir o marido, de 52 anos, de vender o cachorro para comprar drogas.  O caso foi no bairro São Geraldo, em Governador Valadares, na região do Rio Doce, em Minas Gerais.

Durante a discussão, o homem arremessou o móvel em direção a mulher, este que atingiu a cabeça dela e provocou um corte no couro cabeludo. O homem também arremessou um pires de louça, que atingiu o ombro da vítima. Apesar dos ferimentos, a mulher recusou o atendimento médico.

Segundo a Polícia Militar, a vítima disse que o homem estava muito nervoso, provavelmente pela abstinência da droga. Enquanto conversavam, ele sugeriu vender o cachorro para conseguir comprar drogas. Ela negou a possibilidade e, diante da resistência, eles começaram a discurtir. 

Após as agressões, a mulher foi até uma Delegacia, onde acionou a polícia. Os militares seguiram com ela até a residência do casal, mas o suspeito não foi localizado. A mulher disse aos policiais que essa não teria sido a primeira vez em que foi vítima de agressões pelo marido. Apesar dos casos recorrentes, ele não chegou a acionar a polícia nas ocasiões anteriores. 

A vítima registrou o boletim de ocorrência junto aos militares. Ela disse que não voltaria para a residência onde vive com o marido e que iria passar o dia na casa de uma amiga.