Segundo PM, policiais descobriram caso após vítima dar entrada em hospital, depois de ser socorrida por familiares. Caso é investigado pela polícia. Mulher é mantida em cárcere privado e baleada na BA; companheiro é suspeito.
Carlos José/Site Voz da Bahia
Uma mulher foi mantida em cárcere privado por 15 dias e também foi baleada, em Santo Antônio de Jesus, cidade do recôncavo da Bahia. Segundo a Polícia Militar, os policiais só descobriram o caso depois que ela deu entrada em um hospital. De acordo com a Polícia Civil, o companheiro dela é o principal suspeito dos crimes.
Conforme a PM, a mulher deu entrada no Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus, atingida por disparos de arma de fogo, após ser socorrida por familiares na segunda-feira (3).
A Polícia Civil também confirmou que a mulher foi levada para a unidade após ser baleada. Apesar disso, a informação é que entrada ocorreu no domingo (2). Não há informações sobre o estado de saúde dela.
A polícia não detalhou sobre como a mulher conseguiu sair do cárcere e nem se ela foi baleada no dia em que deu entrada no hospital. Também não há informações sobre bairro onde situação ocorreu, nem sobre o histórico do relacionamento do casal.
Ainda de acordo com a Polícia Civil, familiares foram ouvidos que foi identificado que o principal suspeito é o companheiro da mulher.
A tentativa de feminicídio é acompanhada pelo Núcleo de Atendimento à Mulher, da 4ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Santo Antônio de Jesus). Até a manhã desta quinta-feira (6), não havia registro de prisões sobre o caso.
Confira mais informações do estado no G1 Bahia.