Uma nuvem de cinzas gigante elevou-se a uma altura de 5 quilômetros para o alto. Além da fumaça que escurece o céu, há um ruído estrondoso, disseram autoridades e testemunhas. Agricultores observam nuvem de fumaça de vulcão na Indonésia, em 10 de agosto de 2020
Antara Foto/Sastrawan Ginting/ via Reuters
Vulcão na Indonésia entra em erupção, lançando cinzas cinco quilômetros no céu
Na Indonésia, um vulcão expeliu uma nuvem de cinzas gigante que elevou-se a uma altura de 5 quilômetros para o alto na segunda-feira (10). Essa é a segunda erupção em três dias. Além da fumaça que escurece o céu, há um ruído estrondoso, disseram autoridades e testemunhas.
Colapso de vulcão que matou centenas na Indonésia era previsível, dizem cientistas
A erupção do Monte Sinabung na ilha de Sumatra ocorre após mais de um ano de inatividade. As autoridades alertaram moradores e turistas sobre possíveis fluxos de lava no fim de semana.
Sinabung, localizado em um dos países onde há mais atividade vulcânica do mundo, ficou inativo por séculos antes de entrar em erupção novamente em 2010.
Vulcão na Indonésia lança nuvem de fumaça a cinco quilômetros de altura
Imagens da erupção matinal capturadas pelos moradores mostraram uma nuvem gigante de cinzas espessas subindo do pico da montanha de 2.460 metros em Karo, Sumatra do Norte.
“O som foi como um trovão, durou menos de 30 segundos”, disse o residente Fachrur Rozi Pasi.
Os moradores foram aconselhados a ficar fora de um raio de 3 quilômetros do vulcão e a usar máscaras para minimizar os efeitos da queda de cinzas vulcânicas, disse a agência de vulcanologia em um comunicado.
Nenhuma vítima foi registrada e uma porta-voz da autoridade de aviação civil disse que voos ainda operam na região.
“A situação em torno do Monte Sinabung está muito sombria agora, foi maior do que a erupção de alguns dias atrás”, disse Gilbert Sembiring, que estava visitando um amigo quando Sinabung estourou.