Essa atualização e/ou cadastramento pode ser preferencialmente através do formulário online acessando o link: http://www.recadastramento.saude.salvador.ba.gov.br. População de Salvador deve atualizar cadastro SUS até segunda; serviço é obrigatório até para quem tem plano de saúde
Prefeitura de Muriaé/Divulgação
Os moradores de Salvador devem realizar o recadastramento obrigatório do cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) até a próxima segunda-feira (31). De acordo com a prefeitura, a medida segue determinação do Governo Federal que instituiu um novo modelo de financiamento para a Atenção Primária, sendo o cadastramento a principal estratégia de transferência de recursos da União para as prefeituras.
Assim, o recadastramento (que inclui a atualização e novos registros) será fundamental para o município enfrentar situações como a pandemia do novo coronavírus, além de garantir o cuidado contínuo realizado por diversos profissionais na prevenção de doenças crônicas como hipertensão e diabetes, bem como na oferta de vacinas, medicamentos, realização de curativos entre outros serviços.
Essa atualização e/ou cadastramento pode ser preferencialmente através do formulário online acessando o link: http://www.recadastramento.saude.salvador.ba.gov.br. Além disso, o usuário poderá realizar o recadastramento de forma presencial em uma das 152 Unidades Básicas da rede municipal mais próxima da residência com o Agente Comunitário de Saúde da Unidade de Saúde.
Os moradores da capital baiana deverão informar o RG ou certidão de nascimento; CPF ou cartão SUS e o comprovante de residência em nome do usuário ou de algum parente de primeiro grau. É possível também que uma pessoa da família realize o cadastro dos demais moradores, caso apresente toda documentação. A validação do cadastro será realizada após acesso à unidade de saúde.
Toda a população deve ser cadastrada, até mesmo as pessoas que possuem plano de saúde e aqueles usuários que não utilizam com frequência as unidades de saúde. As pessoas que já possuem cadastro realizado pelo agente comunitário não precisam realizar novamente.
Veja mais notícias no G1 Bahia.