Em entrevista coletiva realizada na tarde desta quinta-feira (16), grupo anunciou que cidades vão reabrir comércio quando taxa de ocupação de leitos cair para 75%. Prefeitos das cidades da região metropolitana de Salvador adotam protocolo único para reabertura do comércio
Reprodução/Redes Sociais
Os prefeitos das cidades que ficam na região metropolitana de Salvador decidiram fazer um protocolo único de reabertura do comércio. Em coletiva de imprensa realizada nesta quinta-feira (16), os gestores decidiram que os municípios só vão autorizar o retorno das atividades quando a taxa de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do estado diminuir para 75%.
Participaram da coletiva, a prefeita Moema Gramacho, de Lauro de Freitas, Jeferson Andrade, de Madre de Deus, Antônio Elinaldo, de Camaçari, Jussara Nascimento, Dias D’Ávila, Dinha Tolentino, de Simões Filho, e Breno Konrad Meira Moreira, de São Sebastião do Passé.
“Fizemos um pacto de união. A retomada da economia vai ser feita quando tivermos 25% dos leitos vagos. Qualquer município só vai abrir quando todos os outros decidirem e ainda vai precisar ser liberado pelo governador”, disse Jeferson Andrade, prefeito de Madre de Deus.
De acordo com Andrade, nos últimos 15 dias, a ocupação dos leitos caiu em 9%, passando de 86% para 77%. Os prefeitos acreditam que até a próxima segunda-feira (20), as cidades devem chegar à meta dos 75%.
Segundo a prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho, o objetivo da reunião desta quinta foi oficializar uma união entre os municípios. Todas as cidades fizeram um protocolo para o retorno do comércio e os pontos serão agrupados em um só documento.
“O que tiver de melhor nos protocolos apresentados pelos municípios vai ser incorporado para quando a gente tiver uma data de abertura, já tenhamos terminado como faremos essa reabertura. São várias as propostas que estão colocadas pelos municípios que compõe a região metropolitana de Salvador”, disse.
A prefeita de Lauro de Freitas também ressaltou que vai entrar em contato com o governador Rui Costa e o prefeito de Salvador, ACM Neto, para debater as propostas apresentadas na reunião. O grupo vai voltar a se reunir na próxima quinta-feira (23) para analisar a evolução da pandemia nos municípios.
Até a noite desta quinta-feira, a Secretaria de Saúde da Bahia registrou 116.373 casos de Covid-19 no estado e 2.693 mortes.
Confira mais notícias do estado no G1 Bahia.
Initial plugin text