Repasse será de R$ 18 milhões para setor cultural da capital baiana. G1 detalha prêmios, propostas e como participar. O prefeito ACM Neto anunciou o chamamento público para três prêmios por meio da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc, que prevê auxílio financeiro ao setor da cultura, em Salvador, por meio da Fundação Gregório de Mattos (FGM), nesta terça-feira (28). O repasse será de R$ 18 milhões.
Além disso, a FGM lançou também a plataforma Mapa Cultural de Salvador, para cadastrar artistas e grupos artísticos para pagamento de subsídios, que farão contrapartida com ações voltadas para as escolas da cidade, quando a educação voltar.
O Mapa Cultural vai conceder benefícios mensais para manutenção de espaços artísticos e culturais, micro e pequenas empresas culturais, cooperativas, instituições e organizações culturais comunitárias que tiveram as atividades interrompidas por causa da pandemia. O cadastro pode ser feito pelo www.cadastromapacultural.salvador.ba.gov.br.
Os três prêmios são: Anselmo Serrat de Linguagens Artísticas; Conceição Senna de Audiovisual e Jaime Sodré de Patrimônio Cultural.
O Prêmio Anselmo Serrat de Linguagens Artísticas contemplará 50 propostas com R$ 50 mil e 25 propostas com R$ 100 mil. Ele é voltado para linguagens de teatro, dança, circo, música, artes visuais, literatura, artes integradas, jogos digitais e artes de rua.
Esse prêmio tem cota de 30% para proponentes agentes culturais negros e negras e ao menos duas propostas terão que ser oriundas de comunidades remanescentes de quilombos. O site para informações e inscrições é o www.premiolinguagens.salvador.ba.gov.br.
Já o Prêmio Conceição Senna de Audiovisual é voltado para propostas de audiovisual, com produção de curta-metragens de animação, documentários e ficção. Ele contemplará oito propostas com R$ 60 mil e outras oito com R$ 100 mil.
Na ficha técnica das propostas deve constar, obrigatoriamente, o mínimo de três agentes culturais para a categoria desenvolvimento de obras seriadas; mínimo de quatro agentes culturais para formação; mínimo de seis agentes culturais para a categoria produção.
Para o Prêmio Conceição Senna de Audiovisual são reservadas cotas de 30% para proponentes agentes culturais negros e negras. O site para informações e inscrições é www.premioaudiovisual.salvador.ba.gov.br.
O Prêmio Jaime Sodré de Patrimônio Cultural é voltado para os segmentos de capoeira, samba junino, baianas, culturas populares, negras e identitárias, com 30 propostas com R$ 30 mil e outras 15 com R$ 60 mil.
Além disso, ações direcionadas ao Patrimônio Imaterial será comtemplado com nove propostas com R$ 50 mil e outras seis com R$100 mil. Para esse prêmio são reservadas cotas de 30% para proponentes agentes culturais negros e negras.
Pelo menos quatro propostas devem ser oriundas de comunidades remanescentes de quilombos e pelo menos quatro propostas oriundas de comunidades tradicionais (povos originais, ciganos e de matriz africana). O site para informações e inscrições é www.premioaudiovisual.salvador.ba.gov.br.
Veja mais notícias do estado no G1 Bahia.
Assista ao Jornal da Manhã