Paciente de 24 anos morreu na sexta-feira (12) no Hospital Universitário Professor Edgard Santos (HUPES-UFBA), conhecido como Hospital das Clínicas, em Salvador. Prefeitura de Mata de São João publicou uma nota de pesar
Reprodução/Redes Sociais
A primeira morte de um paciente infectado pela Covid-19, na cidade de Mata de São João, que fica na região metropolitana de Salvador, foi de um jovem de 24 anos, que tinha Síndrome de Down e leucemia.
De acordo com a prefeitura, o paciente, que não teve a identidade revelada, morreu na sexta-feira (12) no Hospital Universitário Professor Edgard Santos (HUPES-UFBA), conhecido como Hospital das Clínicas, em Salvador. O jovem estava internado desde o dia 19 de maio, em estado grave, onde foi diagnosticado com coronavírus no dia 23 do mesmo mês.
Segundo informações do órgão, mesmo com todas as evidências de não ter adquirido o vírus no município, o caso é notificado pela Secretaria Estadual de Saúde da Bahia (Sesab) para Mata de São João. A notificação é baseada nos protocolos do Ministério da Saúde.
Ainda de acordo com a Secretaria de Saúde de Mata de São João, o paciente foi diagnosticado com leucemia no Hospital Municipal Doutor Eurico Goulart de Freitas no dia 5 de maio. Na ocasião, foi tentada a regulação para tratamento no Hospital das Clínicas, mas aquela unidade hospitalar não o recebeu, alegando estar passando por um surto de contaminação por coronavírus, o que colocaria esse paciente em risco.
O órgão explicou que o paciente permaneceu internado no hospital municipal de Mata de São João e foi transferido para o Hospital das Clínicas no dia 19 de maio.
O boletim epidemiológico de Mata de São João da sexta-feira indicou 410 casos notificados, 314 descartados, 61 confirmados e 48 pacientes curados. Doze pacientes estão em tratamento domiciliar e outros 35 estão em monitoramento pela Rede Municipal de Saúde.
Veja mais notícias do estado no G1 Bahia.