O primeiro-ministro da Costa do Marfim, Amadou Gon Coulibaly, morreu nesta quarta-feira (8), aos 61 anos, após desmaiar durante uma reunião com seus ministros. Ele chegou a ser levado a uma clínica em Abidjan, segundo a imprensa local, mas não resistiu.
Coulibaly retomou suas atividades em abril, após passar mais de um mês na França, onde foi submetido a um tratamento de saúde.