Rita Cadillac
Rita Cadillac desabafou após críticas por ter solicitado o auxílio emergencial (Imagem: Reprodução / Record)

Rita Cadillac levantou uma grande polêmica ao revelar ter solicitado o auxílio emergencial de R$ 600 do governo federal. A ajuda, que é para as pessoas que foram prejudicadas financeiramente com a pandemia do novo coronavírus, tem gerado várias críticas por ser solicitado por pessoas que muitos acreditam não precisar.

Porém, a ex-chacrete afirmou que desde o começo da pandemia não tem entrado “1 real em sua conta”. “Chorei com as agressões que sofri por ter recebido o auxílio emergencial. Não fui eu que me aprovei, foi o governo”, relatou ela em entrevista a revista Veja.

“As pessoas têm de ponderar, não sou considerada uma artista de classe A, minha casa é simples, moro de aluguel. Não tem entrado um real na minha conta”, acrescentou.

A dançarina ainda ponderou ter muita vontade de trabalhar. “Não sei se a pandemia vai transformar o mundo para o bem, mas espero que sim. Quanto a mim, o que vai mudar é a vontade de trabalhar. Se antes já era muita, com o fim da crise ela vai dobrar. Pode ter certeza”, comentou.

Rita Cadillac completou 66 anos no último sábado dia 13 de junho e lamentou não poder comemorar a data do jeito que gostaria. “É muito duro porque não sei o que vai ser de agora para a frente. Nunca imaginei que iria passar por uma coisa dessa, que impede a gente de sair, ver os amigos e trabalhar.”

“É horrível, você fica triste, mas ao mesmo tempo agradece a cada dia que acorda e está viva. Um amigo me disse que quer deixar bolo e docinhos aqui no meu prédio. Outro pensou em cantar Parabéns na rua”, contou.

O post Rita Cadillac volta a justificar pedido de auxílio emergencial apareceu primeiro em RD1 → Audiência da TV, Notícias da TV e Famosos.