Empreendimento funcionará com horário reduzido das 12h às 20h. Local foi inaugurado em 17 de março, mas precisou fechar as portas três dias depois por causa da Covid-19. Parque Shopping Bahia, em Lauro de Freitas, reabriu nesta quinta-feira (30), na Bahia
Divulgação/Parque Shopping Bahia
O Parque Shopping Bahia, localizado em Lauro de Freitas, região metropolitana de Salvador, reabriu nesta quinta-feira (30) com movimento tranquilo de clientes. O empreendimento funcionará com horário reduzido, das 12h às 20h, de segunda a sábado.
O comércio em Lauro de Freitas voltou a funcionar na segunda-feira (27), mas o centro de compras só abriu nesta quinta pois passou por higienização e instalação de sinalizações. O shopping foi inaugurado em 17 de março, mas precisou fechar as portas três dias depois, no dia 20, por causa da suspensão do comércio como medida de combate ao avanço do novo coronavírus.
De acordo com a assessoria de imprensa do empreendimento, o shopping voltará às operações diárias com um protocolo de segurança que inclui controle de acesso e disponibilização de tickets descartáveis para os motoristas.
Os estacionamentos funcionarão com 50% da capacidade total. As equipes de limpeza seguirão uma rotina mais intensa, com higienização frequente de superfície e locais de fluxo.     
Elevadores do Parque Shopping Bahia sinalizados para cuidados que evitem a contaminação da Covid-19
Divulgação
Nesta primeira semana, a abertura das lojas será facultativa, como forma de dar tempo aos lojistas para que se organizem internamente.  
O centro de compras trabalhará com a capacidade máxima de ocupação de uma pessoa a cada 9 m², enquanto que os lojistas deverão cumprir a ocupação de uma pessoa a cada 5 m² da área das respectivas lojas.  
Os restaurantes e fornecedores de comida vão funcionar apenas com os serviços de retirada (take away) e delivery, não sendo permitido o consumo dos produtos alimentícios dentro do shopping. 
Veja mais notícias do estado no G1 Bahia.  
Parque Shopping Bahia, em Lauro de Freitas, na região metropolitana de Salvador
Fábio Peixoto/Divulgação