Um homem suspeito de matar um apoiador de um grupo de direita em Portland, Oregon, na semana passada, foi morto nesta quinta-feira (3) durante uma operação policial para prendê-lo.
A força-tarefa federal, que tinha um mandado de prisão, tentava deter Michael Forest Reinoehl, de 48 anos, em Lacey, no estado de Washington, cerca de 190 km ao norte de Portland.
O tenente Ray Brady, do gabinete do xerife do condado de Thurston, disse que o suspeito saiu de um apartamento e entrou em um veículo, de acordo com o jornal “The New York Times”. “Quando tentaram prendê-lo, houve tiroteio”, disse o tenente Brady. Segundo ele, quatro policiais dispararam suas armas.
O tenente Brady disse que os policiais no local relataram que o suspeito estava armado, mas que os investigadores não haviam confirmado essa informação até a manhã de sexta-feira (4).
Reinoeh era o principal suspeito de ter atirado e matado Aaron Danielson, de 39 anos, que tinha participado de uma caravana pró-Donald Trump em Portland.