Prisão aconteceu nesta quinta-feira (23), em Luís Eduardo Magalhães. Suspeito pretendia fugir para cidade de Irecê. Vítima dormia em quadra esportiva abandonada, quando teve corpo incendiado
Reprodução/TV Bahia
O suspeito de atacar o homem em situação de rua, que teve quase 70% do corpo queimado enquanto dormia em uma quadra abandonada, de Luís Eduardo Magalhães, no oeste da Bahia, foi preso nesta quinta-feira (23), na cidade.
O caso ocorreu na terça-feira (21), na Avenida JK. De acordo com a Polícia Civil, Luís Carlos Bispo, conhecido como “Salvador”, foi identificado um dia após o crime. Nesta quinta, ele pretendia fugir para a cidade de Irecê, mas foi localizado no Terminal Rodoviário de Luís Eduardo Magalhães.
Ainda segundo a Polícia Civil, Luís Carlos confessou ter sido o responsável por atear fogo na vítima, identificada como Jonatan Rodrigues dos Santos, de 35 anos.
O suspeito disse que cometeu o crime por vingança já que, segundo ele, a vítima havia tentado contra a vida dele em 2018 e, por isso, provocou desavença entre o autor e Jonatan.
A vítima foi internada no Hospital do Oeste, em Barreiras. Até quarta-feira (22), foi informado que ela estava no setor de queimados da unidade, em situação grave, mas não há novas informações sobre o estado de saúde.
Veja mais notícias do estado no G1 Bahia.